VAMOS FALAR DE INTIMIDADES EM UM CASAMENTO


Uma festa de casamento sempre foi um grande evento social, desde que o mundo é mundo.

Não é por acaso que o Novo Testamento afirma que, o primeiro milagre de Jesus, deu-se nas Bodas de Caná, na Galileia. E que milagre!

Nem bem havia começado a festança e o vinho acabou rapidamente.

Jesus, que estava presente aos festejos, transformou então a água em vinho e dizem os oráculos de plantão na festa, que era um tremendo de um vinho!

Talvez por isso o vinho até hoje seja a bebida mais tradicional de uma festa de casamento. E olha que inventaram a cerveja, o uísque, o gim tônica, a vodka martini, a cachaça, a tequila, a caipirinha, o daiquiri e uma infinidade de outras bebidas. Porém o vinho continua reinando.

Mas, voltando aos casamentos, ano após ano, séculos após séculos, eles sempres foram considerados o grande evento social que unem casais, seja ele de que sexo for.

Você pode fazer um casamento pra mil, duas mil pessoas, ou para dez.

Nós aqui no Quinta da Canta já fizemos um para oito pessoas, incluindo os noivos. E estamos na iminência de fazer um apenas com a presença do casal e de um celebrante.

Estamos falando agora de casamentos íntimos, ou pequenos casamentos, ou como gosta a maioria de chama-los: mini-weddings.

Aqueles em que os noivos procuram intimidade, seja na escolha do lugar, na seleção dos convidados, no tipo de serviço, de alimentação, de bebidas, na procura de fornecedores que tenham sensibilidade para captar essa intimidade que os noivos estão procurando, seja na escolha de um prato que vai sair da vala comum dos buffets de casamentos, seja na mordida de um docinho que vai fazer toda a diferença, seja nas flores escolhidas, seja num instantâneo captado pelo olhar de um fotógrafo que tornará aquele momento inesquecível.

Por que o casamento é a realização de um sonho.

Um sonho romântico que, mesmo aqueles mas céticos, também tem.

Um projeto de vida de ser feliz, constituir família, deixar sementes, dar continuidade à vida, já que ela não é eterna.

E o casamento íntimo, pequeno, aconchegante, carinhoso é o que mais retrata o sonho de casar.

Não importa se você vai chamá-lo de mini wedding, micro wedding, pequeno, casamento, mini casamento ou até, como um noiva me disse: - nós queremos um casamentinho pequenininho, nada mais do que isso.

O Quinta da Canta tem muito orgulho de ter escolhido esse caminho da intimidade dos casamentos, pois são eles, em nossa modesta opinião, os mais encantadores.

Sergio Lima

10.09.2018

0 visualização
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now